A a Z

Aranha

Foi a partir de um experimento com uma aranha bombardeada com altas doses de radiação que surgiu o Homem-Aranha, super-herói da Marvel, criado por Stan Lee e Steve Ditko.


Ben Parker

Tio Ben veio de uma família humilde, tendo de parar seus estudos quando o pai morreu, para cuidar de sua mãe e de seu irmão mais novo Richard, pai de Peter Parker. Apesar de ser um piadista nato e ter o sonho de se tornar um comediante, Ben Parker trabalhou em um parque de diversões em Coney Island, onde encontrou pela primeira vez May Reilly. Morreu assassinado por um ladrão, quando Peter, na pele do Espetacular Homem-Aranha, um lutador de luta livre, se recusou em deter o criminoso.


Clone

Ben Rilley, um clone do Homem-Aranha criado pelo vilão Chacal, adotou a identidade de Aranha Escarlate. Depois de um exame de DNA, ele descobre ser o verdadeiro Homem-Aranha, e não Peter Parker. A confusão só é desfeita quando os dois, Rilley e Parker são capturados pelo Duende Verde que revela a farsa do tal exame. Durante um confronto, Ben Rilley morre nos braços do “irmão”.


Duende Verde

O arquiinimigo do Homem-Aranha é, na verdade, o empresário Norman Osborn que, após ter sido exposto a um gás experimental, ganhou uma segunda personalidade e grande força física. Gênio e inventor, criou todas as armas especiais que usa, como um mini-foguete, impulsionado por turbina, bombas de gás e incendiárias, e dispositivos de raios elétricos, disparados de suas luvas. Mas a mesma fórmula que lhe deu poderes causa nele acessos de amnésia.


Exceção

Os personagens de Stan Lee e da equipe da Marvel são completamente diferentes dos concorrentes existentes. Para terem uma boa aceitação junto ao público leitor, eles são pessoas normais, com problemas e conflitos interiores, reagindo como qualquer um de nós ou como gostaríamos de reagir. Outra característica peculiar é a mudança de comportamento dos heróis conforme o cenário político e social do mundo.


Frase

“Grandes poderes trazem grandes responsabilidades”. Esse foi o legado deixado por Tio Ben a Peter Parker, que adotou a frase como lema.


Gwen Stacy

Uma das grandes paixões de Peter Parker, assassinada pelo Duende Verde. Parker e Gwen se conheceram na Empire State University. Quando descobriu a verdadeira identidade do Homem-Aranha, o Duende Verde seqüestrou Gwen e a levou para o topo da ponte George Washington. A moça estava desmaiada e o vilão a atirou para a morte. O Aranha disparou sua teia, que grudou no tornozelo de Gwen, mas, com a parada brusca, ela teve seu pescoço quebrado e morreu.


Homem-Aranha

O super-herói tem poderes similares a um aracnídeo: força para levantar até dez toneladas, maior resistência e agilidade, sentido aguçado para o perigo, que serve também para guiá-lo no escuro (Sentido Aranha), ventosas nas mãos e pés que aderem a qualquer superfície, permitindo que ele escale paredes. Na versão das HQs, Peter Parker inventou um fluído de teia que é disparado de dispositivos especiais presos a seus pulsos. No filme de Sam Reimi, o próprio Peter Parker é capaz de produzir teias orgânicas. O personagem veste um uniforme azul e vermelho, com uma aranha estilizada e uma máscara vermelha com olhos termoplásticos. Sua primeira aparição foi na Amazing Adult Fantasy nº 15 (1962).


Inimigos

Alguns dos muitos inimigos do Aranha são Duende Verde, Dr. Octopus, Electro, Camaleão, Kraven – O Caçador, Mysterio, Carnificina, Venom, Escorpião, Rei do Crime…


J. Jonah Jameson

J. Jonah Jameson é o editor ranzinza do Clarim Diário, para o qual Peter Parker trabalha como fotógrafo. Está sempre criticando Parker e acusando o Homem-Aranha.


Kirby

Além de Steve Ditko, desenhista que é sempre citado como co-criador do Homem-Aranha ao lado de Stan Lee, acredita-se que Jack Kirby, pai de vários heróis da Marvel, tenha dado sua contribuição no visual do personagem. Fala-se até que Kirby teria feito uma capa para a Amazin Fantasy que nunca foi publicada, já que Stan Lee queria um visual diferente de tudo o que havia no mercado, como o Hulk e o Quarteto Fantástico.


Luta Livre

Como precisava de dinheiro, assim que notou ter superpoderes, Peter Parker resolveu lucrar com isso. Confeccionou um uniforme, criou o Espetacular Homem-Aranha e começou a participar de apresentações de luta livre, vencendo homens com o dobro do seu peso e altura.


Mary Jane

Mary Jane Watson namorou Harry Osborn, amigo de Peter, mas os dois se separaram logo depois que Harry passou a ter problemas com drogas. A bela ruiva de olhos verdes conheceu Peter Parker ainda nos tempos de colégio, com quem se casou e teve uma filha. Como companheira do herói, sofreu nas mãos de vilões além de Jonathan Caeser, um admirador insano. Além de ter se formado em Psicologia, Mary Jane é modelo.


Nerd

Peter Parker era um garoto inteligente, tímido e franzino. Na escola, era sempre o alvo preferido das gozações da turma, por ser muito estudioso e pouco habilidoso na prática de esportes. Sua matéria preferida era ciências.


Octavius

Dr. Otto Octavius é um cientista brilhante, idolatrado por Peter. No entanto, uma de suas experiências dá errado e ele se transforma em Dr. Octopus, ou simplesmente Doc Ock, um maluco que tem tentáculos metálicos ligados ao corpo. Doc culpa o Homem-Aranha por ter se transformado nessa criatura e passa a infernizar a vida do herói aracnídeo.


Peter Parker

Filho de Richard e Mary Parker foi criado pelos tios Ben e May Parker. Tem 1m77 e pesa 74,91 quilos. É também o Homem-Aranha e, nas horas vagas, pesquisador na Fundação Científica Tri Corp e fotógrafo free lancer do Clarim Diário.


Quarteto Fantástico

Logo depois de ganhar seus superpoderes, Peter Parker tentou entrar para o Quarteto Fantástico, mas acabou não sendo aceito pois o grupo não queria ser chamado de Quinteto Fantástico. Mesmo assim, o Aranha ganhou dos quatro um carro (Spider Bug), que não durou muito – a idéia não agradou aos leitores que queriam ver o aracnídeo se locomovendo por meio de suas teias.


Richard

Richard Parker, irmão mais novo de Ben, trabalhava como agente secreto quando conheceu sua futura esposa, e também agente, Mary Slattery. Quando estavam em uma missão, ele pediu para seu irmão e sua cunhada cuidarem do pequeno Peter. Mas eles acabaram morrendo em um acidente de avião.


Stan Lee

O herói surgiu por causa da insistência do jovem Stan Lee que queria fazer um teste com o personagem na revista Amazing Adult Fantasy. Martin Goodman, então dono da editora, achou que o aspecto aracnídeo do personagem não agradaria ao público. Mas diante da insistência de Lee e da revista estar afundando, não faria diferença alguma se fosse publicado. Como o personagem era voltado a um público adolescente, a revista mudou o nome para Amazing Fantasy. Foi um sucesso, já que o Aranha era completamente diferente de outros super-heróis: mais humano, inseguro, engraçado, neurótico e cheio de problemas. Decidiu-se, então, criar uma revista própria para o personagem, em março de 1963. Hoje, o personagem é símbolo da Marvel Enterteinment Group.


Tia May

Com a morte de seu tio, Peter e May ficaram cada vez mais unidos e um sempre ajudava o outro. Tempos depois Tia May até morreu mas como vimos mais tarde, foi tudo um plano diabólico de Norman Osborn, que havia sumido com a velhinha só para atazanar a vida de Peter. Hoje os dois continuam mais unidos do que nunca e may Parker se tornou uma personagem que todos os fãs do Aranha curtem muito


Universidade

Parker se formou na escola Midtown High como um dos mais brilhantes alunos de todos os tempos. Isso fez com que entrasse para a Empire State University para estudar Ciências, o que fez com que sua tia May ficasse muito orgulhosa.


Vingadores

É membro reserva dos Vingadores, grupo formado pelo Incrível Hulk, Thor, Homem de Ferro, Homem-Formiga e Vespa. Homem-Aranha e Doctor Strange acabaram não entrando para o grupo por terem características diferentes e solitárias de agir e também porque foram desenhados por Steve Ditko, enquanto os outros por Jack Kirby.


Xaveco

Peter Parker teve várias namoradas na faculdade, entre elas Debra Withman, Betty Brant, Gwen Stacy e Mary Jane, com quem se casou.


Zombeteiro

Uma das grandes manias do Homem-Aranha sempre foi a de tirar muito sarro dos seus inimigos durante as lutas. Isso sempre os deixou muito bravos com o Spidey. Mas é uma das características que os fãs sempre gostaram nele.