Acessórios

A mordida de uma aranha radioativa desencadeia mutações no corpo de Peter Parker, concedendo-lhe superpoderes. Nas histórias originais de Lee-Ditko, o Homem-Aranha tem a capacidade de se agarrar às paredes, força sobre-humana, um sexto sentido ( “senso aranha”) que o alerta do perigo, equilíbrio perfeito, velocidade e agilidade sobre-humanas. O personagem foi originalmente concebido por Stan Lee e Steve Ditko como intelectualmente dotado, mas escritores posteriores descreveram seu intelecto em nível de gênio.

Academicamente brilhante, Parker tem experiência nas áreas de ciências aplicadas, química, física, biologia, engenharia, matemática e mecânica.

Com seus talentos, costura sua própria fantasia para ocultar sua identidade, e constrói muitos dispositivos que complementam seus poderes, principalmente os atiradores mecânicos. Este mecanismo ejeta uma teia avançada, liberando o fluido da correia fotorreceptora em uma variedade de configurações, incluindo uma única corda para se balançar ou uma rede para enganar\amarrar seus inimigos, teia líquida para apagar fogo e um globo simples para atirar ou cegar um oponente. Ele também pode tecer a teia em diferentes formas como um escudo, uma proteção esférica, uma barreira hemisférica ou uma asa delta. Outros equipamentos incluem rastreadores-aranha, um farol de luz que pode ser usado como uma lanterna ou projetar o “sinal-aranha” e uma câmera especialmente modificada para tirar fotos automaticamente.

O Homem-aranha também já teve um carro chamado de Aranha Móvel, o que o envergonha sempre que lembra. No original uma empresa chamada Corona Motors contratou uma empresa de publicidade chamada Carter & Lombardo a fim de promover seu mais novo motor não poluente, para isso queria se aproximar do Homem-Aranha com a intenção de construir um veículo para ele. Peter Parker inicialmente não aceitou a oferta, mas depois ao ver suas finanças resolveu aceitar. Junto com Johnny Storm (Tocha Humana) construiu a primeira versão usada na captura de criminosos. Ele era equipado com assentos de ejeção, airbags feitos de fluidos de teia. Sua primeira aparição ocorreu em Amazing Spider-Man #130. Não foram muitas as histórias que ele foi mostrado, talvez a mais conhecida seja Marvel Tales #119 em que ele usa o carro em um confronto contra o Dr. Mistério. O Spider-Mobile vai acompanhando as mudanças do personagem ao longo da história, assim como acontece com o Bat-móvel em relação ao Batman. Uma curiosidade é que ele já foi do Deadpool, que o restaurou e o renomeou para Dead-Buggy.